ANOS DOURADOS

 

          Edinor

(interpretada pelo autor)

 

 

 Os anos dourados, enraizaram em meu espírito

a tua imagem...

Esqueci de te esquecer.

 

Meu rosto, já envelhecido pelos fardos dos tempos,

envolvem a certeza de que, apenas passei pela vida,

sem tê-la vivido.

 

O tempo fugiu inexorável... por entre meus dedos e

ficou a lembrança cálida de momentos de suave ternura.

 

Um carinho.....um olhar....um adeus...um até breve...

Uma vontade incontida de ter dito:

Te amo....não vá!!

 

Você foi o maior dos meus desejos; a sofreguidão

dos meus beijos.

Você foi o encontro da luz na escuridão...

Você foi o meu grande amor...

 

A síntese da perfeição, minha vida, meu  espírito,

meu coração.

 

 

 

 

 

         

 

 

 

 

 

 

Website & Designs by Rose Mori

Graphics from  http://brisagrafics.com

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Publicado em 06/09/2009