Em teus braços

 me encontro frágil,

desprovida de artifícios,

entregue a teu ardor.

Em teus braços

encontro a claridade do dia,

a calmaria das tardes

 e o mistério irresistível da noite.

Em teus braços,

me envolvo na paixão,

buscando em cada momento

 a verdadeira lógica,

que na verdade não existe,

em amar.

Em teus braços

calo as perguntas

e não busco as respostas.

Em teus braços

sou como o poema que tudo diz e nada explica,

só faz sentir.

Em teus braços

 sou sempre uma mulher,

apenas,

indefesa, apaixonada e incapaz de dizer não.

Em teus braços,

é tão simples,

assim...

sou eu mesma,

sem lutar,sem mentir.

Porque quando me abraças,

sou feliz!

 

 

(Augusta Melo)

 

 

 

 

 

Visite o site da autora, clicando aqui

 
 
 
         
 
 
 
 

Website & Designs by Rose Mori

Tube from Gini

Tutorial do Top by Hebe

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Publicado em 07/01/2011