(inspírada na música Cama e Mesa de Roberto e Erasmo Carlos)

 

 

Que homem será a canção

que embalará o meu dançar?

Que homem será o batom

que embelezará os meus lábios

que o retribuirão com beijos

saborosamente perfumados?

 

 

Que homem colocará

sua mão enlaçada à minha

a passear por nossos corpos

enquanto a água refrescará

o calor que deles emanará?

 

 

Que homem será

como toalha felpuda

a secar todo meu corpo

para te-lo novamente

disposto a ser umedecido

de desejos por ele?

 

 

Que homem será meu travesseiro

para ouvir o quanto  falo dormindo

que o amo e desejo;

que durante os meus sonhos

retribuo todos os seus carinhos?

 

 

Que homem se atreverá

a sentir o que acontece

no meu acordar devagarinho

nas manhãs de qualquer estação

 

 

Que homem sentirá

os toques certos e direcionados

dos meus dedos, mãos e corpo?

Que homem estará em minha intimidade

a ponto de descobrir

que não há segredos

na volúpia do que sinto?

 

 

Que homem poderá ser tudo pra mim?

Que homem terá consciência

do quanto tenho pra dar,

muito além da imaginação?

Que homem conseguirá dar-me algo,

além do tanto que já terei entregue

Sem nada em troca pedir,

ou sequer receber?

 

 

Que homem vai saborear-me

como doce predileto?

Enfim,

Que homem irá perceber-me

como uma mesa posta de prazeres

à sua disposição e deleite?

 

 

Quando vou realizar o meu sonho

de finalmente conhecer

é... conhecer

“O homem que sabe o que quer”,

Afinal... ele existe?

 

 

 

 

         

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Copyright 2011 – Direitos Reservados

Publicado em  30/11/2011