Tanto tempo se perdeu no tempo,

e mesmo depois de todo esse tempo,

descobri que ainda te amo!

Te amo em segredo,

como sempre te amei.

E no silêncio da noite te recordo...

Noite após noite...

Te amo com a insensatez dos loucos

que desconhecem a razão.

Te amo com emoção!

Te amo com a pureza infantil

que apenas ama,

sem nada pedir em troca,

e se compraz no amor que sente.

Te amo com a paixão inflamada

da adolescência,

em sua ânsia de descobrir as sensações

e viver cada minuto

como se não houvesse amanhã.

Te amo insensatamente!

Insanamente!

Te amo de todas as formas que o amor concebe

e ainda acho que não te amo o suficiente.

E quando tento sufocar este amor,

ele se rebela e fere mais fundo meu coração.

Te pareço irreverente e te olho com desdém?

É só para camuflar este sentimento.

Porque,  mesmo quando digo que não te amo,

é que te amo ainda mais.

 

 

 

 

 

 

         

 

 

 

 

 

Designs & Graphics by Rose Mori
Copyright ©2020 - Todos os Direitos Reservados
Publicado em 20/05/2020