Coração impiedoso

                               Rose Mori


Ao som desta melodia,

escrevo meu poema

e coloco nas notas musicais

minha emoção que se espalha pelo ar

e é levada até onde estás,

também a ouvir esta mesma canção.
Te aquieta coração impiedoso!

Já não te sentes satisfeito

pelo que me tens feito sentir?

Ainda queres mais?

Para que?

Apenas para que eu tenha certeza

de que estás e continuas pulsante

dentro do meu peito?

E por acaso não o sei eu,

nas noites em que as trevas

invadem minha solidão,

que é por tua culpa,

coração impiedoso,

que sofro e carrego dentro de mim

toda esta emoção contida,

que coloco agora,

como um desabafo,

nas linhas deste poema?

 

 

 

Voltar

 

Reflexões     Cantinho do Poeta     Home

 

 

Envie esta mensagem clicando aqui

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Tubes by Denise Worisch

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Publicado em 15/02/2009