CRESCER DÓI

 

(Rose Mori)

 

Crescer dói!

Dói muito!

É quando os sonhos se vão

tragados pela insaciável realidade,

deixando no suspenso esse torpor,

esse quê de não entendimento,

esse ar de espanto,

de incredulidade.

É como se o chão cedesse,

se abrisse de repente,

tragando as ilusões

numa fome insaciável...

E a dor...

Como dói crescer!

 

Não é como envelhecer.

Envelhecer é se agarrar

às tralhas e tesouros

que se juntou durante a vida

e se apoiar neles.

Envelhecer é adormecer

com a cabeça apoiada

nas recordações do passado,

à espera do fim...

 

Mas crescer não...

Não há em que se apegar;

tem que se aprender a se equilibrar

sobre as próprias emoções

para não sucumbir à desilusão

de ver os castelos de areia

serem levados pelo mar...

É descobrir, de repente,

que o arco-íris

não é nenhuma ponte para a felicidade.

Crescer dói! Dói muito!

Mas é preciso!

É inevitável!

É a vida!

 

 

 

 

 

Clique aqui para enviar esta página 

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Tutorial Malukos e Malukas por Scrippy

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados