DESALENTO

                           Rose Mori

Hoje o dia amanheceu tão triste!

Nuvens escuras encobrem o céu,

tornando tudo sem cor...

sem viço...

sem graça...

E é em dias como este

que a melancolia se instala,

se apossa de minha alma

e a saudade me arrebata

em seus braços

e me leva a percorrer o passado.

Sentimentos desencontrados,

sem nexo, sem razão

me envolvem, me arrastando

como se um pântano

de dúvidas e incertezas

tentassem tragar meus sentimentos,

que não obstante

a distância do tempo que nos separa,

ainda te pertencem.

Nada me acalma...

nada me consola...

nada explica

esta tristeza

e este vazio imenso

que sinto...

E a chuva cai...incessante...

- Chuva, chuvai!

Chuvai muito!

Chuvai forte

para carregar em suas águas

toda esta mágoa

que  me tem como prisioneira,

 

- Chuva, chuvai!

chuvai muito!

chuvai forte,

chuvai todo o pranto contido,

para lavar a alma

e dar paz

a este coração incauto

que ainda acredita na felicidade.

 

 

 

 

VOLTAR

 

HOME     *     CANTINHO DO POETA     *     REFLEXÕES

 

 

Envie esta página clicando aqui  

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Tubes: Denise Worisch e Luz Cristina

Baseado no tutorial  de Angel

Copyright © 2009 - Todos os direitos reservados

Publicado em 07/04/2009