Você chega de mansinho

e atrevidamente

vai se imiscuindo em meus pensamentos.

Olhar manso e palavras doces...

Puro encanto

Pura magia

Puro carinho

E me deixo envolver

Me deixo levar

Me deixo conquistar,

Aos poucos,

Sem pressa...

Mansamente...

Perigosamente...

E seu eu me apaixonar?

Como é que fica?

A vida já me ensinou muita coisa,

Mas este coração irreverente não aprende

E esta sempre tropeçando

Nos amores errados.

Será que agora é diferente?

Mas todas as vezes foram diferentes...

Todas as vezes foram para sempre

Um para sempre que durava apenas

o tempo necessário de me ferir

E agora, novamente,

o coração pulsa no peito

querendo se entregar...

Mas eu não vou deixar

Vou trancá-lo a sete chaves

que é pra ninguém entrar...

Mas o pensamento é livre

e não consigo controlar

E se eu me apaixonar,

Como é que fica?

 

 

 

 

     

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

© Direitos Reservados

Publicado em  28/01/2019