Fragmentos de lembranças ...

Retalhos de sonhos...

Pedaços de ilusão...

Partículas de esperança...

Nada é por inteiro,

A não ser a saudade... e o amor...

Esses, transbordam na alma

jorram dos olhos

e escorrem pelas faces...

Não há respostas...

Nada explica...

Tudo é uma incógnita,

um labirinto sem fim

que sufoca a alma

que perambula pela noite afora...

No céu, a lua contempla indiferente.

Só um lugar pode me acolher:

aquele para onde nunca fui.

Só a palavra que nunca escutei

pode acalmar meus sentimentos

e me dar a paz que tanto almejo.

No mais... restam apenas fragmentos.

 

 

 

 

 

                   

 

 

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Copyright 2011 – Direitos Reservados

Publicado em 22/07/2011