Lembro-me bem que tu

trazias o olhar cansado

das noites passadas em claro...

Trazias no rosto as as marcas

das madrugadas ébrias e solitárias...

Trazias na voz o desânimo

dos que já não acreditam em nada.

E toda tua alma estava corrompida

pelas falsas ilusões de felicidade...

Abri meus braços e meu coração

me desarmei e te recebi por inteiro,

ferido e cansado,

sem reservas e sem barreiras...

Simplesmente por amor...

E hoje, refeito de tuas dores,

com teu coração cicatrizado

e a alma renovada,

partes em busca de novas aventuras

e me deixas aqui,

tal qual um dia te encontrei...

 

 

 

 

         

 

 

Website & Designs by Rose Mori

Graphics from  http://www.brisagrafics.com/

Copyright © 2014 - Todos os direitos reservados

Publicado em 30/05/2014