Hoje apertou-me uma saudade tão grande,

Que quase não coube no peito.

Saudade de ouvir uma voz

a sussurrar palavras de carinho

me dizendo coisas...

 

 

Saudade dos braços

ao redor de meu corpo;

dos lábios prendendo os meus

num beijo apaixonado;

do toque das mãos

e do olhar caricioso... malicioso...

mexendo comigo ...

provocando... incitando...

 

 

Saudade dos momentos insanos,

roubados do tempo.

Hoje senti saudade

do que ainda não passou...

É possível sentir saudades

do que ainda existe?

Eu acho que sim,

porque hoje

eu senti saudades de você.

 

 

 

 

 

 

              

 

 

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Copyright 2010 – Direitos Reservados

Publicado em  15/12/2010