Todos os sofrimentos e provações

pelos quais passamos

não foram impostos a nós

sem motivo algum.

As situações que vivenciamos

são, sem dúvida alguma,

 a resposta da vida aos nossos próprios atos.

É a semeadura produzindo seus frutos,

doces ou amargos;

 depende do plantio.

Somos donos de nosso próprio destino

e escolhemos como ressarcir dívidas pendentes,

antes mesmo do nascimento.

Às vezes conseguimos aceitar as adversidades,

lutar e vencê-las;

outras, somos vencidos,

restando apenas a confiança

num futuro melhor.

Em alguns momentos, conseguimos vencer

as tentações que vêm de encontro à nossa provação,

outros não,

e acabamos sucumbindo aos sentimentos negativos.

Ao iniciar nossa vida

não trazemos nenhuma lembrança

do  que nos  propusemos a  fazer ou a passar,

para ressarcimento de nossos erros

e acabamos incorrendo nas mesmas fraquezas,,

aumentando ainda mais o nosso carma.

Cada um de nós tem sua cota de sofrimento

porque somos espíritos em evolução;

mas a ninguém é dado além do que pode suportar.

Quando estivermos prontos,

 será chegada a hora de partir novamente,

mas só Deus,

nosso criador e senhor absoluto do tempo,

da vida e do renascimento,

é quem decidirá esse momento..

Até lá, com certeza,

conseguiremos suportar todas as agruras,

como a pedra bruta que sofre

os golpes do cinzel,

até se transformar num diamante

Confiemos em Deus e em sua justiça e bondade.

Peçamos a Ele que nos guie

e nos fortaleça física e espiritualmente.