Estava aqui pensando

em quão pequenos somos

e em quanto nos sentimos ainda menores

diante de alguns problemas

que aparecem em nossa vida.

Muitas vezes  perdemos a capacidade

de raciocinar com bom senso,

perdemos a capacidade de ver com clareza

algum caminho que nos leve

à solução de nossos dilemas.

Sentimo-nos frágeis e indefesos

e com isso o peso se torna maior

e os problemas tomam dimensões

enormes, que chegam a nos assustar.

E é nessa hora,

exatamente nesse momento,

que devemos parar tudo e com tudo.

Nos recolhermos a um cantinho tranquilo,

fechar os olhos, respirar fundo,

expulsar todo e qualquer pensamento

de nossa mente,

e nos concentrar apenas nas forças superiores

que regem nossa vida.

Deixemo-nos ficar ali o tempo necessário

para afugentar as nossas incertezas,

recompor as nossas forças,

alicerçar as nossas estruturas

e munir nosso espírito de energias positivas.

Vamos nos surpreender com os resultados.

 

 

 

 

 

 

 

 

                   

 

 

 

 

 

Website, Designs & Graphics by Rose Mori

Copyright 2011 – Direitos Reservados

Publicado em  02/07/2011